• Como votar?

    • Documentos necessários:

    Votar é muito simples. Podes usar o teu Cartão de Cidadão, Bilhete de Identidade, Passaporte ou até a Carta de Condução. Em último caso, podes identificar-te com a ajuda de dois eleitores que atestem a tua identidade sob compromisso de honra ou também pelo reconhecimento unânime dos membros da mesa. Lembra-te: Votar é uma verdadeira demonstração de cidadania, de liberdade e de democracia.

    • Passos a tomar:

    Caso já tenhas votado antes, em Portugal ou no estrangeiro, já deves conhecer todas as formalidades a cumprir para que cumpras o teu poder de voto. Ainda assim, podes sempre informar-te aqui, na Categoria “Eleitor” ou aqui, nas diferentes secções desta página.
    Caso nunca tenhas votado em Portugal, enquanto cidadão estrangeiro, podes encontrar toda a informação necessária aqui, na Categoria “Eleitor” ou aqui, na secção “Cidadão estrangeiro residente em Portugal”.

    Fonte: https://www.portaldoeleitor.pt/

  • Onde votar?

    Consulta o site www.recenseamento.mai.gov.pt ou envia SMS para o número 3838, com a mensagem RE <espaço> nº de Identificação civil sem check <espaço> data de nascimento AAAAMMDD. Exemplo: RE 12344880 19891007

    Se tens menos de 18 anos, esta informação não estará disponível.

    Se preferires, a Comissão Recenseadora da Junta de Freguesia da tua área de residência também pode ser consultada.

  • Voto antecipado

    Todos os eleitores recenseados em território nacional o podem fazer. Mas devem manifestar intenção entre 10 e 14 de janeiro, por via postal para a Administração Eleitoral da Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna.

    Praça do Comércio, Ala Oriental, 1149-015 Lisboa ou através do site www.votoantecipado.mai.gov.pt com dados como o nome completo, data de nascimento, número de identificação civil, morada, município onde deseja exercer o direito do voto antecipado em mobilidade, contacto telefónico e endereço de correio eletrónico.

    Dia 17 de janeiro, tens de estar ao município que escolheste e à mesa de voto onde deves votar. Apresenta o teu documento de identificação civil, indica a tua freguesia de inscrição no recenseamento eleitoral.

    Os que estão em confinamento obrigatório por conta da pandemia de COVID-19, podem votar antecipadamente. Para isso, não devem estar internados em estabelecimento hospitalar, devem estar no local indicado às autoridades de saúde no mesmo concelho ou concelho limítrofe de onde estão inscritos no recenseamento eleitoral.

    Fonte: https://www.portaldoeleitor.pt/

  • Cidadãos estrangeiros

    Os cidadão estrangeiros, ainda que residentes em Portugal, não podem votar nas Eleições Presidenciais. A única exceção é se fores cidadão brasileiro e detentor do estatuto de igualdade de direitos políticos, situação em que consta dos cadernos eleitorais.

    Fonte: https://www.portaldoeleitor.pt/Paginas/PerguntasFrequentes.aspx

Abstenções

Como sabemos, votar não é obrigatório em Portugal, mas isso não significa que deves faltar a este compromisso, enquanto cidadão.

Quando deixas que outra pessoa escolha o futuro do país por ti, perdes a oportunidade de exercer o teu direito e a tua cidadania.

Dás o poder a outras pessoas para tomarem decisões sobre o teu futuro, a nível pessoal e profissional. Dás a liberdade a outras pessoas para tomarem decisões acerca do teu bem-estar, dos teus sonhos e do que esperas conquistar.

Descontentamento político não pode ser motivo para deixar de votar.
Gráfico de abstenções nas eleições presidenciais.
Fonte: pordata.pt

Só o voto provoca mudança

Perguntas mais frequentes

  • Quem pode votar nesta próxima eleição?

    Todos os cidadãos portugueses maiores de 18 anos inscritos no recenseamento eleitoral português dentro ou fora de Portugal. E também os cidadãos brasileiros possuidores do estatuto de igualdade de direitos políticos.
  • Quem pode concorrer ao cargo de presidente da república?

    Os cidadãos eleitores portugueses de origem com idade superior aos 35 anos.
  • Quais os requisitos exigidos para ser membro numa mesa de voto?

    Estar recenseados na freguesia onde exercem funções. Além disso, também precisam saber ler e escrever português.
  • É permitido votar via internet?

    Não. O voto é feito apenas presencialmente e no local onde estás inscrito.
Vem Votar Vem Votar

INFLUENCIA TAMBÉM

Achas que podes fazer a diferença também? Então cria uma “poll against you” no Instagram e prova à tua comunidade como é importante não deixar que decidam por nós

Basta fazeres download destas imagens e adicionares às tuas stories. Os teus seguidores vão tentar votar no sticker de sondagem presente na imagem e vão ver que a resposta que apareceu no ecrã não correspondeu à opção em que votaram. Estranho, não é? Com esta poll falsa podes mostrar a importância de votar.

Escolhe o teu tipo de stories de acordo com os interesses da tua comunidade: